LOGO - NOVO CHALES sem fundo.png
PRAIA LITORAL SUL 1 FOTO.jpeg
WhatsApp_Image_2021-07-07_at_15.21.57_xxxxxxxxxx-removebg-preview.png

Sol, mar, dunas, vilas de pescadores, barcos, caminhadas e comida tí­pica caiçara.

Com toda certeza esse belo conjunto está presente no pensamento da maioria de nós quando começamos a pensar em férias e perí­odos de descanso

ILHA COMPRIDA6.png

Bem vindos à Ilha Comprida! Um singular municí­pio do estado de São Paulo distante cerca de 210 km de sua capital, entre as cidade de Cananéia e Iguape.

Situada no extremo sul do estado, estando em meio a uma zona de Mata Atlântica, chegou a ser declarada pela UNESCO, uma ‘Reserva da Biosfera do Planeta’.

O que fazer em Ilha Comprida

Ilha Comprida é um destino para todos os gostos e para todas as épocas do ano, uma vez que dada sua extensão, existem praias com pouco ou mesmo nenhum movimento, inclusive na alta temporada.

Caso o visitante ambiente-se melhor em praias mais baladas e movimentadas, Ilha Comprida também não deixa a desejar.

Ilha Comprida é uma área litorânea das mais ecléticas possí­vel, capaz de atender aos gostos mais variados.

Para se ter uma ideia, é possí­vel relaxar à beira da piscina em um bom hotel na área central ou aventurar-se por trilhas em áreas desertas.

Bom, e atente para que, quando dizemos desertas, é na mais pura acepção da palavra. Ilha Comprida possui áreas ainda intocadas pelo homem.

Abaixo você encontrará as melhores dicas de o que fazer em Ilha Comprida, com diversos pontos turí­sticos e passeios incrí­veis, dê só uma olhada:

Praias de Ilha Comprida

Se vamos ao litoral, salvo rarí­ssimas exceções, a intenção principal é passar um maravilhoso dia de frente pro mar, à sombra e com o pé na areia.

Antes de mais nada, vamos às principais caracterí­sticas e dicas das praias de Ilha Comprida:

  • As praias mais desertas, para quem curte sossego e natureza, ficam na porção sul da Ilha, no ponto de desembarque das balsas que chegam de Cananéia — como a praia de Boqueirão do Sul. No local ficam também as vilas de pescadores.

  • No acesso feito através da ponte do Mar Pequeno (via Iguape) chegamos à porção norte, local das praias com maior estrutura comercial e presença de quiosques de praias, pousadas e outras hospedagens, como a praia do Boqueirão do Norte.

Desta feita não poderí­amos começar de outra forma senão mostrando as principais praias de Ilha Comprida.

PRAIA.jpeg
BOQUEIRAO NORTE.jpeg
PRAIA 2.jpeg
PRAIA BOQUEIRAO 2.jpeg
DINAS.jpeg

DUNAS

Uma das atrações mais conhecidas e visitadas de Ilha Comprida, são suas dunas.

Por estarem relativamente longe de todo o movimento, os parques de dunas de Ilha Comprida proporcionam um cenário realmente diferenciado.

Os enormes conjuntos de dunas formam composições visuais paradisí­acas, e por não sofrerem com um grande volume de turistas ao mesmo tempo, tornam a visitação uma experiência única.

Logo abaixo falaremos sobre duas opções, uma para quem está mais ao norte e outra para quem está na região centro sul da ilha.

DUNAS 2.jpeg

O parque de dunas do Araçá localiza-se a aproximadamente 7 km do centro, seguindo pela própria avenida Beira Mar no sentido norte.

Sete quilômetros pode não parecer uma distância muito grande quando se lê, mas não se iluda, para ir à pé, é muito longe sim.

DUNAS JURUVAUVA.jpeg

Este local, ao contrário das Dunas do Araçá, não são um parque ou ponto especí­fico para visitação.

Na realidade, as dunas estão espalhadas por toda extensão da orla de Ilha Comprida.

Contudo, neste ponto, à altura da praia de Juruvaúva, as dunas assumem uma proporção espantosa podendo ocorrer formações de até 10 metros de altura.

VILAS.jpeg

Uma das opções de ponto turí­stico mais singelas da ilha, porém uma das mais gostosas, é tirar um dia para visitar as vilas caiçaras que se estendem por toda orla da ilha do lado do Mar Pequeno.

São vários povoados de pescadores que acabaram se adaptando ao turismo e hoje oferecem uma certa estrutura para o visitante.

O principal atrativo das vilas tem sido a quantidade de opções gastronômicas. São várias receitas tí­picas litorâneas, preparadas na hora, de forma caseira e com a matéria-prima fresquinha.

Algumas famí­lias de pescadores em algumas vilas chegam a oferecer até mesmo hospedagem. Nada oficial mas muito aconchegante.

Passar um dia em meio à simplicidade, acompanhando o dia a dia dessas pessoas proporciona uma sensação gratificante e com toda certeza vai acrescentar e muito em seu passeio.

catamara 2.jpeg

O barco responsável pelo passeio é o Catamarã Maratayama, que levará o visitante por uma navegação ao longo de quase 200 km passando pelos principais cenários de Ilha Comprida, revelando as belezas naturais dessa fantástica reserva.

 

O passeio realizado ao longo do dia é bem diversificado e te possibilita conhecer uma parte considerável do complexo lagunar, um dos maiores viveiros de peixes e crustáceos do Atlântico Sul, onde você tem a oportunidade de ver golfinhos vem de perto.

 

Além da possibilidade de contemplação dos cenários mais deslumbrantes da ilha, o roteiro ainda conta com paradas para banho de mar e almoços nas vilas caiçaras.

 

O catamarã é muito confortável possuindo, mirante, ar condicionado e som além de fornecer guias e binóculos para observação das aves.

 

O passeio sai em média R$ 200 por pessoa sendo que crianças até 5 anos não pagam, de 5 a 12 anos o maiores de 60 pagam meia.

O passeio sai às 8 horas com retorno previsto para 18 horas. A saí­da é da Marina Barreira localizada na rua José Pacheco dos Santos, 2.955 — em frente ao Iate Park Hotel.

PASSEIO SAFARI.jpeg

Aqui o veí­culo responsável pelo passeio é o Utility Task Vehicle, mais conhecido pelas suas iniciais UTV, que vem a ser um veí­culo multifuncional, estilo off-road com capacidade para 8 pessoas. Por serem abertos proporcionam sensação de liberdade.

Para este passeio é possí­vel escolher dois tipos de roteiro:

Roteiro Pedrinhas

Percorre  a ilha pelas estradas que margeiam o mar e direção à vila de Pedrinhas, passando pelas famosas restingas, pelas dunas e também por vilas caiçaras (neste passeio sem almoço).

O passeio também leva à Vila Nova.

Detalhes das vilas já serão abordados nos tópicos das trilhas (vide Trilha Vila Nova — Sí­tio Arthur e Trilha Juruvaúva — Pedrinhas)

O percurso tem cerca de 72 km, dura cerca de 3 horas e custa cerca de R$ 800 para oito pessoas.

Roteiro Ponta da Praia

O roteiro Ponta da Praia foca mais as paisagens ao longo do Mar Pequeno, tendo como objetivo principal a contemplação de aves do Lagamar.

Também são oferecidas as possibilidade de banhos em piscinas naturais, pequenas prainhas ao longo do caminho e na lagoa Ponta da Praia.

Todos os passeios são guiados e orientados por técnicos em turismo receptivo e monitores ambientais.

O percurso tem cerca de 30 km, dura cerca de 3 horas e custa cerca de R$ 480 para oito pessoas.

Reservas e informações sobre os passeios podem ser feitas no Terminal Rodoviário da Ilha Comprida — Rotatória da Carlos Roberto de Paula, diariamente, das 8h30 às 17 horas — Telefone (13) 3842 3306; e na

Divisão Municipal de Turismo, na Av. Beira Mar, 11.000, de segunda a sexta, em horário comercial. — Telefones: (13) 3842 7029/ 3842 7028.

Como o nome já insinua, os veí­culos responsáveis por este passeio são os excelentes quadriciclos, que vão te ajudar a desbravar as areias de Ilha Comprida.

 

O roteiro desse passeio é o mesmo citado logo acima, o Ponta da Praia, e o que muda, obviamente, é fantástica experiência de dirigir o quadriciclo ao longo das maravilhas naturais da ilha.

 

O passeio percorre uma distância de cerca de 30 km ao longo de 1 hora e 30 minutos e custa em torno de R$ 200 para uma pessoa ou R$ 250 para duas pessoas.

 

O passeio exige que você seja habilitado (possuir CNH) e que seja maior de idade. Todo o passeio é acompanhado por monitores.

Reservas e informações sobre os passeios podem ser feitas no Terminal Rodoviário da Ilha Comprida

Rotatória da Carlos Roberto de Paula, diariamente, das 8h30 às 17 horas — Telefone (13) 3842 3306; e na  Divisão Municipal de Turismo, na Av. Beira Mar, 11.000, de segunda a sexta, em horário comercial. — Telefones: (13) 3842 7029/ 3842 7028.

TRILHAS.jpeg

Sim, ainda estamos falando sobre ecoturismo, mas as trilhas de Ilha Comprida merecem um destaque especial.

Então que tal tirar da bagagem o espí­rito aventureiro e desbravar trilhas verdadeiramente paradisí­acas e desfrutar de toda a paz de espí­rito que se pode ter ao estar em plena sintonia com a natureza?

Abaixo você terá informações sobre as principais e mais belas trilhas de Ilha Comprida:

Trilha da Trincheira

A trilha da Trincheira fica ao extremo sul de Ilha Comprida e possui cerca de 2km.

A trilha além de oferecer um dos mais belos passeios do destino, também traz consigo enormes possibilidades para o avistamento de golfinhos.

Mesmo que isso dependa exclusivamente de sorte, na trilha da Trincheira vai extasiar o caminhante com uma bela flora, dunas, lindas falésias além de premiá-los com uma das mais maravilhosas praias da região, a Praia Ponta da Trincheira.

Trilha Vila Nova — Sí­tio Arthur

A trilha com cerca de 5 km de extensão parte de Vila Nova, local histórico, sede de uma pequena capela (Nossa Senhora da Conceição) construí­da pelos próprios portugueses no século XVII.

Cercada de mistérios, Vila Nova abriga ainda um cemitério indí­gena.

As maravilhosas paisagens são o ponto alto do passeio, que ainda conta como atrativo os Sambaquis de Vila Nova, um verdadeiro sí­tio arqueológico datando cerca de 3 mil anos.

O destino final, Sí­tio do Arthur, é uma aconchegante comunidade caiçara, famosa pela facilidade em se observar o papagaio de cara roxa, uma singular ave escolhida para representar o compromisso de Ilha Comprida com a preservação.

Trilha Juruvaúva — Dunas

Possuindo cerca de 3,5 km, a trilha é o único caminho que leva o singelo bairro de Juruvaúva à praia.

Como não poderia ser diferente, a trilha é de beleza í­mpar com uma biodiversidade que salta aos olhos praticamente a cada passada.

O passeio levará você por uma trilha entre altí­ssimas dunas que servirão de mirante do mar ao longe além da tí­pica vegetação.

É uma caminhada com dificuldade leve à moderada, com duração estimada de 3 horas.

Trilha Juruvaúva — Pedrinhas

Possuindo cerca de 7,5 km de extensão a trilha irá exigir um preparo melhor do visitante, são 3h de caminhada só de ida.

Mas sem pânico, é possí­vel contratar um barco ao final para fazer o retorno pelo Mar Pequeno.

No passeio, você trilhará o caminho entre a Vila de Juruvaúva até a Vila de Pedrinhas.

Além das estonteantes paisagens, você estará em meio à tí­pica vegetação de restinga podendo ainda visitar um viveiro de mudas dessa vegetação, local onde são produzidas mais de 5 mil mudas por mês de mais de 50 espécies.

Uma vez em Pedrinhas, não deixe de conhecer, ou experimentar, a famosa cachaça curtida na cataia.

Segundo os locais ou mesmo alguns fãs, garantem que a iguaria possui as mesmas propriedades palatativas de um bom uí­sque.

CICLISMO.jpeg

Que tal andar de bike por lindas praias e entrar em contato com a natureza de uma forma diferente?

 

O Circuito Lagamar São Paulo de Cicloturismo revela praias, cachoeiras e parques ambientais.

 

O Circuito tem percurso aproximado de 180 km entre as cidades de Ilha Comprida, Iguape, Pariquera-Açu, Jacupiranga e Cananeia, no litoral sul paulista.

 

É destinado a iniciantes, mas também é atrativo para cicloturistas experientes.

 

O trajeto principal é dividido em cinco trechos entre os municí­pios paulistas de Ilha Comprida, Iguape, Pariquera-açu, Jacupiranga e Cananéia. Quando estiver pedalando, o turista conta ainda com o auxí­lio de Placas Diretório, uma em cada cidade, instaladas em pontos estratégicos e que reúnem as principais informações do roteiro.

 

O percurso pode ser feito no perí­odo de três a cinco dias, dependendo do perfil do ciclista. No guia elaborado para os cicloturistas há informações sobre altimetria, mapa com as principais rodovias, rios e as cidades que integram cada trecho.

EVENTOS.jpeg

Ilha Comprida possui eventos durante o ano inteiro, e alguns deles tem ganhado fama e notoriedade.

As festas atraem tanto moradores locais e de cidades vizinhas quando turistas que vem de mais longe.

 

Janeiro / Fevereiro / Março

  • Ilha Verão: Shows, esportes, exposições artí­sticas

  • Carnaval:  Bloquinhos e shows

 

Julho

  • Festival Gastronômico

  • Ilha Julina

  • Ilha Blues

 

Agosto

  • Festa do Bom Jesus de Iguape

 

Outubro

  • Festa Caiçara

  • Semana Caiçara

 

Dezembro

  • Inauguração da Iluminação Natalina

  • Caminhada para Jesus

  • Reveillon – Show na Praia do Boqueirão Norte

Bom, agora que você já está bem ambientado a esse peculiar destino e já está com aquela vontade de fazer as malas, vamos dar algumas dicas e informações sobre como chegar em Ilha Comprida.

LOGO - NOVO CHALES sem fundo.png